29.8 C
Goiânia
InícioNotíciasAgronegócioValor Bruto da Produção do Agro deve diminuir 1,9% em 2023

Valor Bruto da Produção do Agro deve diminuir 1,9% em 2023

A cultura de maior destaque é a soja, que representa 43,4% do VBP na agricultura, e a projeção indica um VBP negativo. O milho, que é a segunda cultura de maior importância, também enfrenta desafios devido à queda nos preços.

O Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária deste ano deve atingir R$ 1,24 trilhão, de acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O VBP é o faturamento bruto dentro dos estabelecimentos rurais, considerando as produções agrícolas e pecuárias, com a média de preços recebidos pelos produtores de todo o país.

Na agricultura, a cultura de maior destaque é a soja, representa 43,4% do VBP na agricultura, no ano corrente, atingiu recorde de produção, registrando aumento de 23,1%. Contudo, a projeção indica um VBP negativo de 0,3%, os preços reais registram queda de 19,1%. O milho, que é a segunda cultura de maior importância, contribui com 17,2% do VBP da agricultura, também enfrenta desafios devido à queda nos preços, uma redução real de 21,2%.

A produção projetada, demonstra um aumento de 16,4%, mas o VBP projetado aponta para uma variação negativa de 8,2%. Por outro lado, a cana-de-açúcar, que representa aproximadamente de 10,8% do VBP, está com projeção de aumento VBP de 19,2% para 2023 comparado com 2022, estima-se 11,2% de aumento na produção e, além disso, os preços estão com aumento 7,3%.
É importante notar que a Índia e a Tailândia, importantes exportadores de açúcar, estão enfrentando desafios devido a uma severa seca. Dessa forma, o VBP estimado da agricultura está em R$ 843 bilhões para 2023, o que representa uma variação praticamente nula em relação ao ano de 2022.

Na pecuária, o IBGE atualizou os dados oficiais da produção de leite para 2022, o volume aumentou para 34,6 bilhões de litros, a atual projeção para 2023 é de 33,8 bilhões, a variação portanto está negativa 2,2%, os preços estão 1,7% maiores, assim a projeção do VBP apresenta queda de 0,5%. Para a bovinocultura de corte, os preços continuam pressionando, a queda real está em 15,5% em relação ao resultado do ano anterior.

O VBP bovina está com uma queda de 12,7%, apesar do aumento na produção em 3,3%. A carne de frango segue no mesmo ritmo, projeção de aumento na produção em 4,0%, queda de 12,5% nos preços, projetando um redução de 8,9% no VBP comparado com 2022. Já para a produção de ovos o cenário é diferente, o aumento nos preços está em 24,8% e a produção deve crescer em 1,1%, apresentando um VBP projetado de 26,3%. Entretanto, a maior oferta de ovos no mercado doméstico pressiona para baixo as cotações nos ultimos meses.

Somado a isso, as elevadas temperaturas aumentaram a necessidade de um escoamento mais rápido da produção. Dessa forma, a projeção para o VBP da pecuária em 2023 é de R$ 397,1 bilhões, uma redução significativa de 5,9% na comparação com 2022.

Saiba mais

Para ter acesso aos gráficos de projeções, basta acessar o site no link abaixo: https://cnabrasil.org.br/publicacoes/vbp-do-agro-deve-diminuir-1-9-em-2023

ViaCNA
Nossas Redes Sociais
11,345FãsCurtir
23,198SeguidoresSeguir
Últimas
Postagens Relacionadas