18.8 C
Goiânia
InícioNotíciasAgronegócioMapa lança nota com os 100 municípios mais ricos do Agronegócio

Mapa lança nota com os 100 municípios mais ricos do Agronegócio

Entre eles estão 10 municípios de Goiás, que são grandes produtores de grãos

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, lançou na última segunda-feira (3), uma nota identificando os municípios mais ricos do setor do Agronegócio. O levantamento foi feito por meio de dados da Produção Agrícola Municipal (PAM), referente a 2020 e publicado em outubro do ano passado.

A nota levou em consideração duas classificações para escolher a lista: pelo valor da produção das lavouras permanentes e temporárias e pelo Produto Interno Bruto dos municípios. Foram classificados 100 municípios, a partir do total levantado pelo IBGE e verificada a posição de cada um em relação ao valor da produção e ao PIB. Os 100 classificados foi a partir do total levantado pelo IBGE, e verificada a posição de cada um em relação ao valor da produção e ao PIB. Como a informação mais recente sobre o PIB municipal é de 2019, usou-se essa referência para fazer algumas classificações

O ano de 2020, que foi utilizado para criar a nota, foi o ano de recorde de produção no país, principalmente na agricultura com culturas como algodão, soja, milho, café e cana-de-açúcar. De acordo com a Conab, a safra de grãos foi de 257,0 milhões de toneladas.

Municípios Mais Ricos

Grande parte dos municípios com maior valor da produção estão no estado do Mato Grosso. Mas os estados da Bahia, Goiás e Mato Grosso do Sul, também tem vários municípios classificados entre os 100 mais ricos.

O Mato Grosso tem 35 municípios, seguido de Mato Grosso do Sul com 13, Goiás vem na terceira posição com 10, a Bahia tem 9, Minas Gerais tem 8 e São Paulo tem 6. Os demais municípios estão distribuídos em Pernambuco (1), Maranhão (2) Pará (4), Brasília (1), Piauí (2), Paraná (4), Tocantins (1) e Rio Grande do Sul (2) (Ver a classificação no Anexo).

Os 100 municípios classificados geraram em 2020 um valor da produção de R$ 151,2 bilhões, 32,0% do total, estimado em R$ 470,5 bilhões. O destaque desses municípios se dá pelo elevado valor da produção agropecuária e pelo valor do PIB municipal.

Outros trabalhos mostram que esses municípios têm apresentado taxas de crescimento do emprego acima da média do estado correspondente, e também renda per capita superior à média. Do mesmo modo, outro indicador como o IDH dos municípios analisados, é considerado elevado.

Os principais produtos responsáveis pelo bom resultado dos municípios foram soja, algodão e milho, que carregam grande tecnologia e produtividade durante as safras. Os municípios mais bem colocados foram: Sorriso (MT), São Desidério (BA), Sapezal (MT) Campo Novo do Parecis (MT), Formosa do Rio Preto (BA), Nova Ubiratã (MT), Cristalina (GO), Maracaju (MS), Rio Verde (GO), Nova Mutum (MT), Diamantino (MT), Campo Verde (MT), Jataí (GO).

Ranking dos Municípios Goianos

Goiás tem três municípios mais bem ranqueados na produção agrícola nacional: Cristalina é grande produtor de grãos, fruticultura e horticultura, graças a técnica da irrigação. Teve um valor de produção em 2020 de 3,4 bilhões de reais. Rio Verde e Jataí se destacam na produção de grãos como soja, milho, sorgo e também algodão. Rio Verde teve um resultado de produção em 2020, no valor 3,3 bilhões de reais e Jataí fechou 2020 com um valor de produção de 2,6 bilhões de reais.

Entre os 100 colocados tivemos outros municípios goianos também, como: Mineiros, na 42ª colocação, Chapadão do Céu na 54ª, Montividiu na 57ª, Paraúna na 66ª, Goiatuba na 69ª, Catalão na 83ª e Quirinópolis na 94ª colocação do ranking dos mais ricos do agronegócio. Grande parte dos colocados são da região sudoeste de Goiás, conhecida como uma das maiores regiões produtoras do agronegócio brasileiro.

Veja a nota completa publicada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, clicando aqui.

Janaina Honorato
Janaina Honorato
Jornalista especialista em agronegócio com formação em marketing digital. Experiência de 9 anos com comunicação para o agronegócio em reportagens de TV, rádio, impresso e internet.
Nossas Redes Sociais
11,345FãsCurtir
23,198SeguidoresSeguir
Últimas
Postagens Relacionadas