21.8 C
Goiânia
InícioDestaqueGoiás deve aumentar produção de grãos na safra 2022/2023 e chegar a...

Goiás deve aumentar produção de grãos na safra 2022/2023 e chegar a 31,5 milhões de toneladas

A produção goiana de grãos deve crescer 9,1% na safra 2022/2023 se comparada com a safra 2021/2022, alcançando 31,5 milhões de toneladas, segundo atualização da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), publicada nesta semana. Os dados apontam que o Estado deve figurar como quarto maior produtor nacional, atrás de Mato Grosso (92,3 milhões de toneladas), Paraná (44 milhões de toneladas) e Rio Grande do Sul (37,4 milhões de toneladas). No total, a produção goiana deve representar cerca de 10,14% do total no país para este ciclo, estimado em 310,6 milhões de toneladas.
 
A área destinada ao plantio de grãos no Estado e a produtividade das lavouras goianas também devem registrar aumento nesta temporada. A área plantada deve ir de 6,9 milhões de hectares na safra 2021/2022 para 7,1 milhões de hectares no ciclo 2022/2023 – crescimento de 2%. Já a produtividade geral das lavouras de grãos em Goiás deve aumentar 7%, passando de 4.150 quilos por hectare para 4.439 quilos por hectare, na comparação entre os dois ciclos.

Os números são comemorados pelos produtores, destaca o Gerente de Projetos e Inovação agropecuária da Secretaria de Agricultura e Pecuária de Goiás, Leonardo Silvério.

Leonardo Silvério – Gerente de Projetos e Inovação Agropecuária da Secretaria de Agricultura e Pecuária de Goiás

Soja e milho
A soja é o grão com maior participação na produção goiana. A estimativa da Conab é de que sejam produzidas 16,8 milhões de toneladas na safra 2022/2023. A área destinada à cultura é de 4,5 milhões de hectares e a produtividade estimada em 3.700 quilos por hectare.
 
Já a produção total de milho deve alcançar 12,8 milhões de toneladas, plantado em 1,9 milhão de hectares e uma produtividade média de 6.734 quilos por hectare. Deste total, o maior destaque é para o milho segunda safra (safrinha), cuja produção deve bater as 11,1 milhões de toneladas, distribuídas em uma área de plantio de 1,7 milhão de hectares e produtividade de 6.411 quilos por hectare.
 
Outros grãos que deverão ter destaque neste ciclo incluem sorgo (1,2 milhão de toneladas), trigo (135 mil toneladas), girassol (37,4 mil toneladas), feijão (290,1 mil toneladas), arroz (84,6 mil toneladas) e gergelim (1,5 mil toneladas).

Fonte: Comunicação Seapa-Goiás

Fabiane Fagundes
Fabiane Fagundes
Jornalista especialista em agronegócio com formação em marketing digital e psicóloga em formação.
Nossas Redes Sociais
11,345FãsCurtir
23,198SeguidoresSeguir
Últimas
Postagens Relacionadas