21.8 C
Goiânia
InícioDestaqueCarlos Fávaro assume Ministério da Agricultura e Pecuária nesta segunda (2)

Carlos Fávaro assume Ministério da Agricultura e Pecuária nesta segunda (2)

Cerimônia de transmissão de cargo foi realizada na sede da Embrapa com a presença de autoridades

O senador Carlos Fávaro (PSD-MT) foi nomeado neste domingo (1º) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro de Estado da Agricultura e Pecuária, pasta que promove a política agrícola, a defesa agropecuária e a assistência técnica e extensão rural.

A transmissão de cargo ao ministro Carlos Fávaro foi realizada na tarde desta segunda-feira (2), no auditório da sede da Embrapa, em Brasília e foi transmitida no canal do Mapa no Youtube.
O ex-secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcio Eli Almeida, representou o ex-ministro, Marcou Montes, durante a cerimônia.

Durante discurso no evento, o agora Ministro reafirmou que sua gestão será pautada na produção agrícola sustentável, que é fundamental para combater a fome dos brasileiros e garantir oferta ao mercado internacional.

“A Embrapa é a grande responsável para o que o Brasil se tornasse um player de produção de alimentos mundial. O nosso compromisso é fortalecer a Embrapa, pra que continue sendo um orgulho de todos os brasileiros, que ela possa preparar o agronegócio brasileiro para combater a fome e ter uma produção sustentável”, afirmou.

Fávaro ressaltou que o trabalho do Mapa será atuar em conjunto com os demais ministérios ligados ao agronegócio, como o Ministério do Meio Ambiente, de Marina Silva; e o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, de Paulo Teixeira.

O ministro citou ainda questões como a segurança alimentar, o orçamento da educação, da saúde, a fome, merenda escolar e outros aspectos. E ainda exaltou os Ministros do Mapa, desde o governo de Lula de 2022, lembrando que o trabalho desse grupo, aumentou a produção rural brasileira em escala exponencial. E que o grande desafio da sua gestão, será melhorar a imagem do agro brasileiro com o exterior.

“O Brasil se tornou pária mundial com o desmatamento e o desrespeito ao meio ambiente. Temos que produzir com sustentabilidade. Eesse é o maior desafio, reconstruir pontes com outras nações, não porque eles querem, mas porque é preciso.

Ele mostrou uma das medidas do governo para aumentar a produção sustentável, sem desmatar, investindo junto à Embrapa em recuparação de milhares de hectares de pastagens degradadas.
“Nós iremos abrir a porta para o desenvolvimento sustentável da produção brasileira. Um grande programa de crescimento de área plantada, sem derrubar uma área sequer, gerando renda, emprego, fartura de alimento, vocacionada aos pequenos, médios e grandes produtores”, propôs.

Carlos Fávaro

Carlos Henrique Baqueta Fávaro nasceu em Bela Vista do Paraíso (PR). É agropecuarista e Senador da República. Ingressou na vida política após anos de trabalho no agronegócio, onde tornou-se vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), em 2010, e presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT). Também presidiu a Cooperativa Agroindustrial dos Produtores de Lucas do Rio Verde (Cooperbio Verde).

Entre 2015 e 2018, ocupou o cargo de vice-governador do estado de Mato Grosso. Em abril de 2016, foi nomeado secretário de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso, cargo que ocupou até dezembro de 2017.

Em 2020, tomou posse do mandato como Senador da República substituto até o resultado de eleição suplementar convocada pelo TRE-MT. Venceu a disputa e conquistou o cargo de Senador até 31 de janeiro de 2027.

Janaina Honorato
Janaina Honorato
Jornalista especialista em agronegócio com formação em marketing digital. Experiência de 9 anos com comunicação para o agronegócio em reportagens de TV, rádio, impresso e internet.
Nossas Redes Sociais
11,345FãsCurtir
23,198SeguidoresSeguir
Últimas
Postagens Relacionadas