21.8 C
Goiânia
InícioNotíciasAgronegócioAgroecologia garante diversidade e sustentabilidade da produção em uma mesma área

Agroecologia garante diversidade e sustentabilidade da produção em uma mesma área

Plantações agroecológicas geram economia, preservação do meio ambiente e desenvolvimento social

A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), trouxe no episódio desta semana da série Campo de Saber, o tema agroecologia, que é um modelo de agricultura alternativa, com base na integração e aplicação de conceitos ecológicos e sustentáveis na produção de alimentos.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), esse sistema ajuda no apoio à produção de alimentos e à segurança alimentar, ao mesmo tempo em que restaura os serviços ecossistêmicos e a biodiversidade, que são essenciais para a agricultura sustentável.

O engenheiro agrônomo da Emater, Álvaro Rodrigues, que conduziu a webinar, apontou que anualmente, são usados no mundo todo aproximadamente 2,5 milhões de toneladas de agrotóxicos, sendo o Brasil um dos maiores consumidores desses produtos, com uso superior a 300 mil toneladas.

Mas, segundo ele, a utilização de agrotóxicos pode ser vantajosa para a produção, porém desvantajosa para o meio ambiente. “A pulverização, para além da lavoura em si, atinge matas e contamina a água, fugindo um pouco de sua principal função, controlar possíveis pragas ou doenças”, explica.

O agrônomo explicou qual a diferença entre agricultura orgânica e agroecologia: a primeira dá ênfase para um plantio mais saudável, sem a utilização de agrotóxicos; já o cultivo agroecológico opta pela diversificação de plantações, respeitando o perfil biológico de cada solo e bioma.

“A cultura agroecológica é vista como uma forma de manter a agricultura familiar fortalecida, já que valoriza diferentes tipos de cultivo. Desta forma, além de garantir um meio ambiente mais saudável, oferece também diversidade de alimentos e produtos naturais”, destaca Álvaro.

Vantagens

A adoção da agroecologia na produção agrícola tem algumas vantagens, como: a produção sustentável, sistema em que a terra é trabalhada de modo a permanecer sempre produtiva e não gerar o seu esgotamento; a promoção de boas condições de trabalho ao produtor rural, uma vez que não há manuseio de substâncias químicas maléficas à saúde das plantas, dos animais e das pessoas.

Esse sistema também promove a manutenção da biodiversidade e estabilidade natural dos ecossistemas, além de evitar o uso de agroquímicos. Por fim, a agroecologia não faz uso de sementes transgênicas, uma vez que estas podem provocar a perda da biodiversidade do sistema.

Saiba mais sobre a agroecologia na Webinar completa:

Campo de Saber | Agroecologia: opção para uma agricultura mais sustentável | Emater Goiás
Janaina Honorato
Janaina Honorato
Jornalista especialista em agronegócio com formação em marketing digital. Experiência de 9 anos com comunicação para o agronegócio em reportagens de TV, rádio, impresso e internet.
Nossas Redes Sociais
11,345FãsCurtir
23,198SeguidoresSeguir
Últimas
Postagens Relacionadas